23 MAIO — 02 JUNHO 2024

23 MAIO — 02 JUNHO 2024

Vermelho Bruto

Amanda Devulsky

Brasil
2022, 205'

Num momento em que o Brasil se estava a tornar uma democracia (1985-1995), quatro mulheres — Jô, Eunice, Alessa e Fabiana— tornavam-se mães ainda na sua adolescência. A evolução política e a entrada abrupta na vida adulta e na maternidade mesclam-se num filme que mostra o seu espaço doméstico, construído a partir de arquivos pessoais e imagens contemporâneas, filmados pelas protagonistas em 2018, durante a campanha de eleição de Jair Bolsonaro.

Brasília, 2018. Contrastando com os monumentais prédios governamentais, vemos xícaras de café, pés cansados após um dia de salto alto, a escuridão do caminho de volta após um longo turno. Os resultados das eleições presidenciais de Jair Bolsonaro na barulhenta TV, e uma criança chorando. Uma mãe, explicando calmamente ao filho o que aconteceu.

Uma imersão na vida das quatro mulheres e mães – Alessa, Eunice, Fabiana e Jo, que testemunharam o processo de redemocratização do Brasil (1985-1995). Seus arquivos se misturam com o seu cotidiano, assim como as histórias de vidas vividas com a tensão do momento político atual. Entre os objetos e tarefas triviais, filmadas pelas protagonistas, revelam-se os inesperados gestos de resistência. 

A escolha de trabalhar com imagens amadoras, dando-lhes o tempo de que precisam, questiona, como diz a realizadora Amanda Devulsky, o que é a informação e o que é o ruído, quem é a figura e o que é fundo, tanto na política quanto no cinema. (Anastasia Lukovnikova)

Competição Internacional

SESSÕES

FICHA TÉCNICA

TIPO DE ESTREIA
Nacional
TÍTULO ORIGINAL
Vermelho Bruto
LEGENDAS
Inglês
ELENCO
Alessa, Eunice, Fabiana, Jo
MONTAGEM
Amanda Devulsky, Luisa Marques
PRODUTOR
Pedro B. Garcia
PRODUÇÃO
casadearroz filmes
VENDAS
casadearroz filmes ([email protected])

PARTILHAR

FILMES DA MESMA SECÇÃO