23 MAIO — 02 JUNHO 2024

23 MAIO — 02 JUNHO 2024

La herida luminosa

Christian Avilés

Espanha
Ficção, 2022, 24'

E se a procura pelas ilhas Baleares pelos turistas britânicos fosse por sentirem um apelo quase shamânico pelo sol e pela necessidade de viver em função do sol? Este filme pega no fenómeno (bem real) que é saltar de varandas para piscinas para imaginar um mundo bizarro e onírico.

Existe uma cena no La herida luminosa onde vários adolescentes britânicos se despedem de Mallorca a cantar com a sua pele vermelha como se fosse um hino solene de despedida ao sol. Carregam no seu corpo queimado o sol e levam-no para a sua terra cinzenta. Um filme sobre a impotência em descrever uma emoção ou um momento no tempo que nos foi especial, que foi embora e não volta. Christian Avilés faz um filme-sonho em que não tem que nos descrever algo indescritível, faz-nos sentir o calor do sol e da sua luz através do cinema. (Rui Mendes)

Competição Internacional

FICHA TÉCNICA

TIPO DE ESTREIA
Nacional
TÍTULO ORIGINAL
La herida luminosa
DIÁLOGO
Inglês / Espanhol
LEGENDAS
Português / Inglês
ARGUMENTO
Christian Avilés
ELENCO
Julia Fossi, Sam Zeitlin, Dina Serra, Lily Roberts, Clara Sans, Quique Muro, Gloria Sirvent, Julia Mascort, Olalla Escribano, Marcel Borràs
FOTOGRAFIA
Manuel G. Romero
MONTAGEM
Christian Avilés
PRODUTOR
Nica Fazio
PRODUÇÃO
ESCAC FILMS

PARTILHAR

CURTAS DO MESMO PROGRAMA

NEWSLETTER

  • TIPO DE CONTEÚDO