01 MAIO — 11 MAIO 2025

INDIELISBOA 2021

“Point Virgule”

Point Virgule é um jornal para jovens e feito por jovens. Nesta reportagem, falam sobre a edição e suas secções e textos, incluindo artigos sobre racismo. 
Sarah Maldoror
França

1986, 4'

“Wielopole” Mise en scène du polonais Kantor

O encenador polaco Tadeusz Kantor e a companhia Cricot 2 levam a peça Wielopole, Wielopole ao palco do Théàtre des Bouffes du Nord, em Paris. Na peça, as etapas da paixão de Cristo fundem-se com um pesadelo militar.
Sarah Maldoror
França

1980, 3'

13 Ways of Looking at a Blackbird

Resultado de uma colaboração ao longo de um ano entre Ana Vaz e dois estudantes de liceu, Vera Amaral e Mário Neto, este é um filme caleidoscópico sobre o que é olhar, ser olhado e sobre o potencial latente do cinema.
Ana Vaz
Portugal

2020, 32'

2001: A Space Odyssey

(Em parceria com o Festival Lisboa 5L) Falar de 2001: A Space Odyssey é falar de um filme que se tornou numa das obras mais influentes da história do cinema. Indeléveis na consciência colectiva estão aspectos como: a música de abertura (Thus Spake Zarathrusta), a cena do monolito, passando pela figura de inteligência artificial que é HAL até aos oscarizados efeitos especiais. O filme centra-se numa viagem a Júpiter e aborda temas como o existencialismo ou a evolução humana. [A partir do conto A Sentinela de Arthur C. Clarke]Apresentação: Luís Nogueira
Stanley Kubrick
Reino Unido / Estados Unidos

1968, 149'

50 (o Dos Ballenas se encuentran en la Playa)

Félix conhece Elisa. Mas o que poderia ser o meet cute inicial de uma comédia romântica ou drama melodramático é antes o convite not so cute para jogar um perigoso jogo com 50 desafios que terminam em suicídio. O casal vai entrar na competição junto e esperar que a morte os separe. 
Jorge Cuchí
México

2020, 122'

A Cidade de Portas

Uma cidade é um conceito complexo. Este documentário debruça-se sobre a figura de Nuno Portas, um dos grandes urbanistas portugueses, que acreditava que um projeto de arquitectura não terminava na soleira da porta.
Humberto Kzure, Teresa Prata
Portugal

2021, 80'

A Cidade dos Abismos

Maya é acompanhada por Glória, a melhor amiga, que lhe promete que estará sempre junto dela, a um consultório clandestino. Ambas mulheres trans, Maya vai colocar silicone, mas uma intervenção atempada leva-a a mudar de ideias. Quando saem, é noite de Natal e chove. Refugiam-se num bar, cujo dono é um refugiado nigeriano chamado Kakule. Lá, refugia-se também Bia, farta dos constantes desentendimentos com o namorado. E assim os seus caminhos irão cruzar-se. 
Priscyla Bettim, Renato Coelho
Brasil

2021, 96'

A Dim Valley

Nesta versão etérea e moderna de um filme de amor livre dos anos 1960, encontramos um biólogo mal-humorado e os seus assistentes de pós-graduação a tentar avançar com um projeto de verão na natureza selvagem da floresta dos Apalaches. Aí, encontram três misteriosas figuras que mudarão as suas vidas.
Brandon Colvin
Estados Unidos

2020, 92'

A Pena de Kiki

Kiki é um canário que sonha conhecer o mundo para além da sua gaiola. Quando a porta fica aberta acidentalmente, Kiki aproveita a oportunidade e salta em busca da sua liberdade. Mas sem ainda saber voar, vai precisar de um pássaro amigo para o ajudar.
Nicolas Bianco-Levrin, Julie Rembauville
França

2020, 5'

A Stranger from the Past

Seis tensos minutos em que um mecânico de carros abre um capote-de-Pandora que revela algo primordial que o assombra.
Jan Verdijk
Países Baixos

2020, 5'

A Symphony of Noise

Filme sobre e com Matthew Herbert, compositor de música eletrónica e ativista inglês. Neste documentário, o realizador acompanha Herbert no seu processo criativo ao longo de um novo projeto idiossincrático: escrever um livro em que cada capítulo descreve minuciosamente uma peça de música e é o leitor que tem de imaginar a sinfonia.
Enrique Sánchez Lansch
Alemanha

2021, 97'

A Távola de Rocha

Samuel Barbosa, na sua primeira longa-metragem, explora o processo criativo de Paulo Rocha (Os Verdes Anos) e os seus filmes, através das suas personagens, dos artistas que trabalhou e outros testemunhos da sua arte.
Samuel Barbosa
Portugal / Japão

2021, 94'

A Teia dos Sonhos

Um javali bebé pensa ter encontrado numa aranha a causa dos seus pesadelos. Mas a mãe vai fazê-lo ver a magia que ela consegue tecer.
Camille Foirest
França

2020, 3'

A Triad of Paper Horns

Um filme que junta imagens de arquivo, digitais e de 16mm para construir uma viagem em torno de rituais, de sonhos eróticos e do som do papel a ser moldado.
Patrícia Janeiro
Portugal

2020, 6'

Écrivain public

Entrevista a mulheres de diferentes nacionalidades que são escritoras “públicas”. Elas fazem a ligação entre corpos administrativos franceses e pessoas que não sabem falar e/ou escrever em francês.
Sarah Maldoror
França

1985, 3'

À Bissau, le carnaval

Uma curta documental que se debruça sobre a forma como os habitantes da Guiné-Bissau encaram a sua identidade e cultura negras, tendo a festa anual do Carnaval como pano de fundo.
Sarah Maldoror
Guiné-Bissau

1980, 18'

À la recherche d’Aline

Aline Sitoe Diatta é um ícone senegalês feminino de resistência ao colonialismo francês. Rokhaya Marieme Balde é a realizadora que regressa a Dakar, a sua terra, para fazer um filme sobre esta figura histórica.
Rokhaya Marieme Balde
Suíça / Senegal

2020, 27'

À pas aveugles

Christophe Cognet visita campos de concentração e exterminação da Segunda Guerra Mundial, como Ravensbrück, Dachau ou Auschwitz-Birkenau, evocando a presença de pessoas que passaram pelos mesmos e tentaram, clandestinamente, fotografar e documentar o horror que viam com os próprios olhos. Esta evocação é feita através das fotografias que Cognet conseguiu obter, justapondo as imagens captadas com os locais na sua contemporaneidade.
Christophe Cognet
França / Alemanha

2021, 110'