23 MAIO — 02 JUNHO 2024

23 MAIO — 02 JUNHO 2024

Matta and Matto

Bianca Caderas, Kerstin Zemp

Suíça
2023, 10'

Num mundo alarmantemente reminiscente ao da nossa pandemia, o toque tornou-se tabu, o que leva pessoas a cometer actos irrefletidos, porque a tentação e o desejo às vezes é mais forte. Para responder a este impulso, existe o hotel de Matta e Matto, onde tudo o que se deseja está à distância de um dedo, mas onde nada é oferecido sem um duro custo a pagar.

No famoso poema de Daniel Filipe, A Invenção do Amor (maravilhosamente levado ao cinema por António Campos), inventa-se uma sociedade distópica onde o amor foi proibido: “Um homem, uma mulher (…)/ É preciso encontrá-los antes que seja tarde/ Antes que o exemplo frutifique/ Antes que a invenção urgente do amor se processe em cadeia”. As realizadoras Bianca Caderas e Kerstin Zemp não terão lido Daniel Filipe, mas na ressaca dos confinamentos inventaram uma sociedade onde o toque está interditado. Reduzidos às suas esferas de circulação, os habitantes descobrem os serviços de um hotel onde as várias fantasias sensoriais são satisfeitas. Contudo, o modelo de negócio dos estalajadeiros é bastante perverso: para sentirem o toque, os clientes têm de prescindir daquilo que toca. Posto doutro modo, criando um desejo pela sua frustração, o sistema capitalista encontra um mecanismo de toque transitivo, onde o consumidor recebe o serviço mas perde o poder de “autodeterminação sensorial”. Uma enigmática parábola aberta a múltiplas leituras. (Ricardo Vieira Lisboa)

Competição Internacional

SESSÕES

FICHA TÉCNICA

TIPO DE ESTREIA
Nacional
TÍTULO ORIGINAL
Matta und Matto
LEGENDAS
Nenhum
ARGUMENTO
Bianca Caderas, Kerstin Zemp
SOM
Etienne Kompis
PRODUTOR
Joder von Rotz
VENDAS
Ouat Media ([email protected])

PARTILHAR

CURTAS DO MESMO PROGRAMA

NEWSLETTER

  • TIPO DE CONTEÚDO