23 MAIO — 02 JUNHO 2024

23 MAIO — 02 JUNHO 2024

Monangambée

Sarah Maldoror

Argélia
1969, 17'

Com banda sonora jazzística do Art Ensemble de Chicago, este filme denuncia os crimes cometidos por portugueses em Angola. Aqui, vemos a tortura de um prisioneiro que resulta da ignorância do colonizador. Canção cujo significado é “Morte Branca”, Monangambée é um grito de guerra contra os abusos coloniais em Angola.

Retrospectiva

FICHA TÉCNICA

TÍTULO ORIGINAL
Monangambée
DIÁLOGO
Francês
ELENCO
Carlos Pestana, Noureddine Dreis, Mohamed Zinet, Athmane Sabi, Elisa Pestana
FOTOGRAFIA
Sarah Maldoror
MONTAGEM
Sarah Maldoror

BIO

Depois de estudos de teatro e da criação da primeira troupe negra em Paris, Les Griots, Sarah Maldoror estudou cinema em Moscovo. A sua obra cinematográfica de 46 filmes é o reflexo de uma combatente curiosa, generosa, irreverente e consciente do próximo que levou o poético para lá de todas as fronteiras. Rebelde de linguagem franca e humanista determinada, Sarah Maldoror celebrou o envolvimento político do artista e a arte enquanto acto de liberdade.

PARTILHAR

FILMES DA MESMA SECÇÃO