23 MAIO — 02 JUNHO 2024

23 MAIO — 02 JUNHO 2024

Oyu

Atsushi Hirai

França
2023, 22'

Uma visita a uns banhos públicos para ir buscar um objecto perdido faz com que um homem faça uma pausa no seu dia para usufruir das instalações. As pessoas em seu redor são mais velhas, o hábito a cair em desuso. Este gesto revela-se uma ajuda a um luto.

Depois de em 2021 ter estado no IndieLisboa com “Retour a Toyama”, Atsushi Hirai traz-nos “Oyu”, em mais um regresso a Toyama, na costa norte do Japão, de onde o realizador é natural. No último dia do ano, um homem entra num banho público para recuperar um embrulho deixado para trás. Ninguém questiona a sua presença, mas é clara a distância entre este homem e o ritmo dos que frequentam aquele espaço com alguma assiduidade. A decisão de ficar para um banho quente vai ajudá-lo a situar-se no momento que está a viver. 

Tal como no seu filme anterior, também aqui a errância das personagens se cruza com o momento deste homem, dando sentido à vontade de ali ficar. A repetição de hábitos de pessoas que nos são próximas ajuda-nos a manter uma memória de afectos. Por isso, cada detalhe do banho é um gesto de saudade e ternura. Mais uma vez, a elegância dos detalhes, do tempo, das conversas cruzadas e dos silêncios partilhados, são a assinatura deste extraordinário realizador. (Margarida Moz)

Competição Internacional

SESSÕES

FICHA TÉCNICA

TIPO DE ESTREIA
Nacional
TÍTULO ORIGINAL
Oyu
DIÁLOGO
Japonês
LEGENDAS
Português / Inglês
ARGUMENTO
Atsushi Hirai
ELENCO
Hisako Mizuki, Kota Tsunezawa, Okihiko Yoshizawa, Sachiko Okuno
FOTOGRAFIA
Benoît Pain
SOM
Gen Takahashi
MONTAGEM
Jehan Folque
PRODUTOR
Damien Manivel, Martin Bertier
PRODUÇÃO
MLD Films
VENDAS
Manifest Pictures ([email protected])

PARTILHAR

CURTAS DO MESMO PROGRAMA

NEWSLETTER

  • TIPO DE CONTEÚDO