01 MAIO — 11 MAIO 2025

01 MAIO — 11 MAIO 2025

La littérature tunisienne à la Bibliothèque Nationale

Sarah Maldoror

França
1986, 3'

A biblioteca nacional francesa apresenta-se, apesar disso, como uma biblioteca de todo o mundo, devido à sua riqueza literária acumulada. Peça sobre a Exposição Tunis-Paris: Espaces et temps privilégiés — La production intellectuelle tunisienne d’expression française, em 1986.

Retrospectiva

FICHA TÉCNICA

TIPO DE ESTREIA
Nacional
TÍTULO ORIGINAL
La littérature tunisienne à la Bibliothèque Nationale
DIÁLOGO
Francês

BIO

Depois de estudos de teatro e da criação da primeira troupe negra em Paris, Les Griots, Sarah Maldoror estudou cinema em Moscovo. A sua obra cinematográfica de 46 filmes é o reflexo de uma combatente curiosa, generosa, irreverente e consciente do próximo que levou o poético para lá de todas as fronteiras. Rebelde de linguagem franca e humanista determinada, Sarah Maldoror celebrou o envolvimento político do artista e a arte enquanto acto de liberdade.

PARTILHAR

FILMES DA MESMA SECÇÃO