Die bitteren Tränen der Petra von Kant

Rainer Werner Fassbinder

IndieLisboa 2015 •

Ficção, 1972, 124′

Na opinião de Christian Braad Thomsen, AS LÁGRIMAS AMARGAS DE PETRA VON KANT é “a primeira obra-prima popular dentre os ‘filmes de cinema’ de Fassbinder”, que retoma aqui o género hollywoodiano do “filme de mulheres”, “mas tendo como protagonista uma mulher cujas ideias são fortemente marcadas pelos movimentos femininos dos anos setenta. A protagonista, Petra von Kant, divorcia-se por se sentir oprimida pelo marido e passa a ter uma relação lésbica, tornando-se de imediato a opressora no seio do novo casal. Sucumbe ao comportamento que ela própria criticara, o que não tornou o filme muito popular entre os movimentos feministas da época. (Cinemateca Portuguesa)