LisbonTalks Universidade Lusófona

30 de Agosto a 5 de Setembro

Conversas em torno do cinema Português e dos focos e retrospectivas do festival. Nesta edição, dedicada à promoção, distribuição e exibição cinematográfica em Portugal, apenas os encontros inspirados pela obra da cineasta Sarah Maldoror acontecerão presencialmente.

FORMATOS FÍSICOS NA ERA DO STREAMING. DO VHS À PIRATARIA
Inglês
ADIADO: 1 de Setembro às 17:00 | Online via Youtube
A popularidade dos serviços de streaming tem vindo a destruir o mercado do home cinema. Contudo, a vontade de se ser dono da média que se consome tem levado ao boom do vinil e da colecção de filmes, particularmente de edições especiais boutique. Não seria conversa acabada sem falar em pirataria e partilha de filmes em círculos de cinefilia. Há que ter gosto e ter bom gosto.

Moderado por: Ricardo Vieira Lisboa

Com: Pip Chodorov, Adrian Martin
Anette Dujisin

O PODER DA PROGRAMAÇÃO: A IMPORTÂNCIA DO APARECIMENTO DE MAIS SALAS INDEPENDENTES EM PORTUGAL
Inglês
31 de Agosto às 17:00 | Online via Youtube
Gravação disponível aqui
Salas independentes e o trabalho dos cineclubes e festivais enquanto circuitos alternativos de exibição são importantes pelos filmes que mostram, pelos públicos que criam e nutrem e pela inerente dinamização das zonas onde estão inseridos. Nunca houve necessidade maior por este tipo de salas do que agora. Como se poderá realizar este incremento? Vamos explorar espaços no contexto europeu e medir o pulso das salas em Portugal.

Moderado por: Manuel José Damásio

Com: Candela Varas,
Pedro Borges, Ramiro Ledo

NEGRITUDE, IDENTIDADES E DIREITOS HUMANOS
Português / INSCRIÇÃO NECESSÁRIA
2 de Setembro às 17:00 | Online via zoom/ Jardim da Fundação Mário Soares e Maria Barroso
A mesa redonda Negritude, identidades e direitos humanos, organizada pela Fundação Mário Soares e Maria Barroso, parte de problemáticas estruturantes na obra cinematográfica de Sarah Maldoror com o objectivo de reflectir sobre as questões do racismo e da discriminação em Portugal, os discursos de ódio e de intolerância, a herança colonial e as desigualdades no acesso à participação democrática.
Lotação no Jardim da Fundação Mário Soares e Maria Barroso: 25 pessoas

Moderado por: Fernanda Rollo

Com: Bruno Sena Martins,
Jorge Vala, Annouchka de Andrade

Explore também a documentação que se encontra na Fundação Mário Soares e Maria Barroso relacionada com a vida e o percurso de Sarah Maldoror aqui. 

 

O CINEMA DE SARAH MALDOROR com Annouchka de Andrade
Português
3 de Setembro às 18:00 | Esplanada Cinemateca Portuguesa
Mesa redonda em torno da retrospectiva do IndieLisboa 2021. Partindo da obra de Maldoror, vamos reavaliar e continuar o seu estudo político, social e etnográfico. Trabalho determinante nas lutas contra o colonialismo e movimentos revolucionários que visavam promover a cultura negra. Agora mais do que nunca, os temas antes filmados e discutidos ainda estão por resolver.

Com: Annouchka de Andrade, Maria do Carmo Piçarra,
Marta Lança, Raquel Schefer, Joana Ascensão

REALIZADORAS NO FEMININO: CINEMA PORTUGUÊS EM DESTAQUE
Português
4 de Setembro às 17:00 |Online via Youtube
Em 2020 os filmes mais falados e premiados cá dentro e lá fora foram realizados por duas mulheres: Listen de Ana Rocha de Sousa e A Metamorfose dos Pássaros de Catarina Vasconcelos. O programa Três Realizadoras Portuguesas com filmes de Sofia Bost, Mariana Gaivão e Leonor Teles e as longas Amor Fati de Cláudia Varejão e Listen, receberam o público português no regresso às salas. É preciso continuar a trabalhar e a divulgar o enorme trabalho do cinema feito por mulheres em Portugal.

Moderado por: Mariana Liz

Com: Anastasia Lukovnikova,
Susana Nobre, Tota Alves, Filipa Reis

DEPOIS DO CIRCUITO DE FESTIVAIS, PARA ONDE VÃO AS CURTAS-METRAGENS?
Inglês
5 de Setembro às 17:00 | Online via Youtube
Há sem dúvida uma dificuldade em distribuir e vender curtas metragens e levá-las a outros públicos que não o de festivais, mas casos recentes em Portugal mostram que elas conseguem passar na sala de cinema. Falamos do programa Três Novas Curtas Portuguesas em 2017 e o mais recente, Três Realizadoras Portuguesas que está a ser exibido fora do nosso país. Que outros futuros podem ter as curtas depois ou até mesmo durante o seu circuito?

Moderado por: Ana David

Com: Michiel Philippaerts,
Catherine Colas, Wouter Jansen