23 MAIO — 02 JUNHO 2024

23 MAIO — 02 JUNHO 2024

Pátio do Carrasco

André Gil Mata

Portugal
Ficção, 2023, 44'

Adaptação do conto de Franz Kafka Um Fratricida. Sr. Wese e Schmar são irmãos, mas em breve verão o amor da Sra. Wese como o limite do amor fraterno. E Pallas tudo observa, impávido e sereno.

Os pátios são espaços híbridos para a arquitetura, lugares exteriores no interior de um conjunto de edifícios. Em Pátio do Carrasco, André Gil Mata descreve um evento misterioso a partir dos pontos de vista de quatro personagens. Quatro personagens como as quatro paredes de um pátio, desvelando o enigma à medida que o próprio espaço se fecha e concentra. As janelas (tropo maior do cinema do realizador) compõem um caleidoscópio atemporal onde movimentos de câmara (os surpreendentes zooms e dolly zooms que quebram a estase do quotidiano) e efeitos sonoros nos sincronizam em torno de um whodunit à la Rashomon, onde tudo se faz a partir dos silêncios e do fora de campo. O conto de Kafka Um Fratricídio e a história do último carrasco português fundem-se numa Lisboa de papelão para que, no final, acabemos na casa de partida, com o maestro. (Ricardo Vieira Lisboa)

Competição Nacional

FICHA TÉCNICA

TIPO DE ESTREIA
Nacional
TÍTULO ORIGINAL
Pátio do Carrasco
LEGENDAS
Inglês
ARGUMENTO
André Gil Mata
ELENCO
André Gil Mata, António Júlio, Catarina Lacerda, David Almeida
FOTOGRAFIA
Frederico Lobo
SOM
Rafael Cardoso, Filipe Rebelo
MONTAGEM
André Gil Mata, Cláudia Ribeiro, Fabiano Mota Teixeira
PRODUTOR
André Gil Mata, Pedro Fernandes Duarte, Frederico Lobo, Luís Palito, João Vladimiro, Marta Lima
PRODUÇÃO
Rua escura, Agente A Noite, Primeira Idade

PARTILHAR

CURTAS DO MESMO PROGRAMA

NEWSLETTER

  • TIPO DE CONTEÚDO