23 MAIO — 02 JUNHO 2024

23 MAIO — 02 JUNHO 2024

Caudal

Luís Sobreiro

Portugal
2021, 38'

Depois do ano em que o mundo parou, os barcelenses Solar Corona aproveitam o desconfinamento para regressar ao palco. A câmara serpenteia por entre eles, num formato de concerto diferente.

Caudal é um filme sobre um irrepetível concerto dos Solar Corona. Nunca mais voltará a acontecer porque algumas músicas já não existem ou porque outras nunca mais serão tocadas da mesma forma pela banda. Acompanhamos o antes, o durante e o depois do concerto que foi um dos primeiros a acontecer em Portugal após o primeiro confinamento, em Junho de 2020. O momento que marcou o regresso aos palcos da banda de Barcelos (aqui, vemos em palco Rodrigo Carvalho, José Roberto Gomes, Peter Carvalho e Nuno Loureiro) dedicada aos caminhos cósmicos paralelos ao rock progressivo. Filmado num único plano de sequência improvisado, sem cortes, é um documentário imersivo que pretende, igualmente, abordar a simplicidade de documentar e assumir o erro, tentando chegar a uma narrativa crua e directa. Este filme marca também o regresso, pelo segundo ano consecutivo, do realizador Luís Sobreiro ao IndieLisboa, depois de ter apresentado em 2020, Ricardo, em torno do universo dos Sensible Soccers. (Helena César)

IndieMusic

FICHA TÉCNICA

TIPO DE ESTREIA
Mundial
TÍTULO ORIGINAL
Caudal
ELENCO
Solar Corona
FOTOGRAFIA
Luís Sobreiro
SOM
Duarte Ferreira
MONTAGEM
Luís Sobreiro, Duarte Ferreira
PRODUTOR
Luís Sobreiro
PRODUÇÃO
Lovers&Lollypops, Ovo Estrelado

BIO

Luís Sobreiro é realizador e director de fotografia, com foco no documentário e no videoclip, em que a música tem uma marca muito importante. Depois de estudar direção de fotografia na ESCAC em Barcelona, em 2020 realizou o filme Ricardo (competição IndieMusic no IndieLisboa, selecionado para Curtas Vila do Conde e Porto/Post/Doc) e ainda 3 film-clipes para projectos musicais dos artistas Jonathan Saldanha, Gustavo Costa e Stereoboy.

PARTILHAR

FILMES DA MESMA SECÇÃO