Une femme est une femme

Jean-Luc Godard

IndieLisboa 2019 •

Ficção, 1961, 85′

Segunda longa metragem de Godard a estrear (dada a censura imposta a Le petit soldat), Une femme est une femme (a apresentar em cópia digital) é uma homenagem ao musical americano e um eco longínquo de Design for Living de Ernst Lubitsch (1932), filmado em CinemaScope e com cores sumptuosas. Premiado no Festival de Berlim por ter “abanado as regras da comédia cinematográfica”, trata-se de um filme de extrema leveza e elegância, em que Anna Karina tem uma das suas melhores aparições no cinema. Anna é Angela, uma dançarina de cabaret que pensa na maternidade, enquanto se entende e desentende com o marido e com o amigo dele, com quem encena um triângulo amoroso. “Une femme”/“infame.” (Cinemateca Portuguesa)