Selvajaria

Camila Vale

IndieLisboa 2020 •

Ficção, 2020, 33′

Camila vive rodeada de aparelhos, cabos e o brilho de ecrãs. O seu trabalho é de arranjar máquinas estragadas. A sua solidão é quebrada, momentaneamente, pelas presenças online, por partilhas de sonhos e viagens lynchianas.