Să nu ucizi

Cătălin Rotaru, Gabi Virginia Șarga

IndieLisboa 2019 •

Ficção, 2018, 120′

Em 2017 explodiu um escândalo sobre corrupção nos hospitais públicos da Roménia. Nem de propósito, a dupla Cătălin Rotaru e Gabi Virginia Şarga estava já a preparar a sua primeira longa metragem sobre um médico que luta contra a indiferença, a burocracia e os poderes instalados quando pretende denunciar a utilização de um desinfectante pouco eficaz. Chefes, directores, ministros e polícias fazem ouvidos moucos à luta de um homem que já viu morrer demasiados pacientes à custa de infecções preveníveis. É necessário descobrir os culpados e fazer justiça, custe o que custar.