M.

Yolande Zauberman

IndieLisboa 2019 •

Documentário, 2018, 106′

Menahem Lang é um actor conhecido do cinema israelita, mas em “M.” ele interpreta-se a si mesmo e guia-nos pelo perturbador mundo secreto da pedofilia na sua cidade natal: Bneï Brak, a capital mundial do ultra-ortodoxo judaísmo Haredi. Vítima de abusos ao longo de toda a sua infância, Menahem usa este filme para reabrir a ferida e procurar desinfectar a gangrena que lhe corroeu a vida adulta. A ele e a centenas de outros, que encontra nas ruas e com quem conversa sobre os seus traumas. Um filme anti-sensacionalista mas sem concessões, cândido e ao mesmo tempo redentor.