Campo

Tiago Hespanha

IndieLisboa 2019 •

Documentário, 2019, 100′

A palavra ‘campo’ vem do latim capere (capturar). Nos arredores da Roma Antiga ficava o ‘Campo de Marte’, o terreno onde os soldados treinavam. Hoje, nos arredores de Lisboa, fica a maior base militar da Europa. Ali, inventam-se missões fictícias, enquanto astrónomos observam estrelas e um rapaz toca piano para veados que espreitam os homens à noite. “Campo”, de Tiago Hespanha (de quem exibimos “Revolução Industrial”, “Visita Guiada”, “Andar Modelo” e “Quinta da Curraleira”), reflecte sobre o físico e humano, o transcendente e mundano, que aqui se confundem e completam.