Abiding

Ugo Petronin

IndieLisboa 2020 •

Documentário, Experimental, 2019, 5′

Pela janela de um comboio, Petronin impressionou uma tira de película numa câmara sem obturador, expondo-a um fluxo contínuo e sequencial de luz. O resultado é a dissolução do espaço entre frames e os elementos de uma paisagem a perder a sua solidez. 

Cinco minutos criados a partir da manipulação de uma fotografia de 35mm, tirada durante uma viagem de comboio entre Dordrecht e Roterdão, sem a ajuda do shutter. A fotografia ganha assim o movimento do cinema, absorvendo o fluxo de luz. Torna-se corrente e contínua. Formas perdem a definição; existem entre a figuração e a abstração. Cinco minutos que colapsam as fronteiras entre o cinema, a fotografia e a pintura. (Ana Cabral Martins)