A Bright Light – Karen and the Process

Emmanuelle Antille

IndieLisboa 2019 •

Documentário, 2018, 93′

Quem ouviu falar de Karen Dalton? Cantora lendária com uma voz de tirar a respiração, é uma das musas esquecidas dos anos 1960 que influenciou vários artistas da folk como Bob Dylan, Fred Neil ou Dino Valenti. A realizadora Emmanuelle Antille embarcou numa viagem pelos EUA, do Colorado a Woodstock, para melhor compreender o processo criativo desta mulher que sempre fugiu da ribalta (existem muito poucas imagens suas) e que nunca encaixou nas gavetas onde a queriam arrumar. Quando muitos artistas têm três dimensões, ela tinha quatro: a espiritualidade, o negrume da obsessão.