28½

Adriano Mendes

IndieLisboa 2020 •

Ficção, 2020, 93′

A vida é feita de ciclos e o cinema de Adriano Mendes mostra-nos isso. Depois da sua primeira longa, O Primeiro Verão (melhor obra secção Novíssimos, IndieLisboa 2014) – filme quente, da juventude a despontar no amor e no Verão – eis-nos chegado ao momento em que é preciso arranjar um trabalho. 28½ segue uma jovem nessa procura, numa Lisboa gentrificada, no qual a carência, a atração, a partilha, o final do amor, surgem ao mesmo tempo e sem avisar.