Life After Love

O artista Zachary Epcar observa frotas de automóveis estacionados como símbolos da individualidade e do alheamento colectivo. “Life After Love” é um poema triste feito de asfalto quente, vidros esfumados e frases de auto-ajuda.