IndieLisboa na 9ª edição do #makethemost

Na semana passada, no dia 7 de Dezembro, decorreu a 9ª sessão do #makethemost, anteriormente adiada devido às medidas de prevenção da COVID-19, no Teatro da Trindade. Foi a primeira sessão desde o início da pandemia retomando a troca de experiências em torno das oportunidades de financiamento europeu para projetos de índole cultural.

O mundo dos financiamentos europeus é uma incógnita para muitos artistas em Portugal e apresenta-se algo complexo, em termos de linguagem e de procedimentos. Nomes como Portugal 2020, Europa Criativa, Erasmus +, Horizonte 2020 ou Programas Operacionais podem fazer parte do nosso dia-a-dia, mas não sabemos se podemos ser beneficiários e como devemos proceder.

Por essa razão, a Fundação GDA tem apoiado artistas e outros membros do setor que estão interessados em conhecer e desenvolver projetos com parcerias e financiamentos europeus. Depois das ações desenvolvidas em anos anteriores a este propósito, desde 2018 que o projeto #makethemost representa um importante desenvolvimento para a concretização deste objetivos.

Por sua vez, este encontro conta com uma apresentação do programa de financiamento europeu Europa Criativa na vertente Media por Susana Costa Pereira e com a apresentação de três casos de sucesso no âmbito do programa, sendo o IndieLisboa um deles, representado por Carlos Ramos, co-diretor do festival, para além da série televisiva Auga Seca, representada por José Amaral, Managing Director da Produtora SPi e o festival de cinema Curtas Vila do Conde, representado por Miguel Dias, diretor do festival. No final das apresentações, houve ainda espaço para um debate com os participantes da sessão.

O objetivo destes encontros é convidar ao diálogo e à partilha de experiências, com o intuito de dar a conhecer projetos financiados por programas europeus, esclarecer quanto ao funcionamento dos instrumentos financeiros que apoiaram esses mesmos projetos e motivar para quem vai concorrer pela primeira vez.

A entrada é livre e gratuita e não requer inscrição prévia.

A próxima data ainda está por anunciar. Quem estiver interessado, basta acompanhar as novidades no site da Fundação GDA ou diretamente neste link.

Programa Escolar IndieJúnior 2022: inscrições abertas

Inscrições

O próximo ano está a aproximar-se e com ele a próxima edição do IndieLisboa, e com ele, a secção mais colorida de todas: o IndieJúnior. Uma secção voltada para os mais novos, repleta de filmes divertidos, coloridos, didáticos e separados por faixas etárias.

A partir de hoje estão abertas as inscrições para as sessões escolares do festival, que em 2022, que assim como na última edição, poderá ser feita para duas modalidades diferentes:

IndieJúnior na escola

O IndieJúnior disponibiliza a programação para ser projectada na escola. Nestas sessões, as escolas deverão ter meios próprios de projecção e possibilidade de ligar um computador com internet ao projector, para correr um link que será enviado com a programação da sessão.

E para os que retornam às salas de cinema, temos a opção presencial:

IndieJúnior no cinema

As sessões de cinema decorrem como habitualmente no Cinema São Jorge e Culturgest.

Quer as sessões no cinema, quer as sessões na escola, poderão ser marcadas nesta inscrição sendo que nas sessões na escola basta indicar o programa do ciclo de ensino em que se escrevem.

Em ambas as modalidades, esta inscrição tem um valor de 1,50€ por aluno (professores e auxiliares estão isentos) e o pagamento poderá ser efectuado preferencialmente até ao início de Abril de 2022.

Esperamos por si e pelos seus alunos, nas salas de cinema ou na escola, com uma oferta de filmes que vão contribuir para a aprendizagem, diversão, reflexão e crescimento de todos. Um momento descontraído que achamos importante para que, através do cinema, nos consigamos divertir mesmo vivendo tempos complexos.

Para inscrições e visualizar a grelha actualizada, siga este link.

Dúvidas e mais informações: escolas@indiejunior.com

Colabore com o Indie! Descubra algumas oportunidades disponíveis para a próxima edição.

O IndieLisboa 2022 está a chegar e com isto também a necessidade de crescimento da equipa para mais uma edição do festival.

Para já, temos duas oportunidades disponíveis para comporem a equipa de Comunicação do festival: Assessoria de Imprensa e Gestão da Comunicação Digital.

1) Assessoria de Imprensa (Março-Maio)

Do que precisa?

Gostar de cinema,
Trabalhar em equipa,
Experiência em escrita sobre cinema,
Fluência em inglês e português,
Mínimo de 2 anos de experiência em assessoria de imprensa ou comunicação de eventos.

Que funções irá exercer?

Participar na criação da estratégia de comunicação,
Criar e enviar comunicados de imprensa e acompanhar contato com os jornalistas,
Agendar e acompanhar (quando necessário) entrevistas,
Atuar na concepção da conferência de imprensa (conceito, lista de convidados, materiais, receber convidados)
Criar conteúdos e artigos em temas distintos sobre o programa do festival para diferentes canais de comunicação,
Gerir convidados de imprensa nacionais e internacionais para cobertura do festival,
Criar e partilhar relatórios com resultados.

 

2)  Gestão da Comunicação Digital (Fevereiro-Maio)

Do que precisa?

Gostar de cinema,
Trabalhar em equipa,
Experiência em escrita sobre cinema,
Fluência em inglês e português,
Mínimo de 2 anos de experiência em comunicação digital (e na utilização de todas as ferramentas necessárias).

Que funções irá exercer?

Gerir a comunicação digital do festival (redes sociais, newsletters, site, app, etc),
Coordenar a cobertura do festival (foto, vídeo e redes sociais),
Criar e realizar os conteúdos criativos para os canais de comunicação,
Coordenar equipa (fotografia, videografia, audiovisual),
Implementar campanhas online (Google, Youtube, Facebook, etc),
Criar e partilhar relatórios com resultados.

O regime de trabalho é presencial – em Lisboa – em ambas as posições.

Para candidatar-se, basta enviar o CV por e-mail para comunicacao@indielisboa.com até ao dia 3 de Janeiro de 2022.

No assunto do e-mail, deve especificar a vaga pretendida: Assessoria de Imprensa ou Comunicação Digital.

Todas os candidaturas serão respondidas dentro do prazo de 1 mês após o recebimento dos currículos.

Espalhem a palavra!

IndieLisboa entrevista: edição 2021

Durante a última edição do festival, realizadores e convidados vieram a Lisboa e visitaram os espaços ocupados pelo festival. Alguns deles conversaram connosco e contaram um pouco sobre os seus filmes e trabalhos.

Alice Diop
Realizadora da longa metragem francesa Nous, exibido na Competição Internacional.

Annouchka de Andrade
Filha da realizadora Sarah Maldoror, homenageada na Retrospectiva 2021.

Camilo Restrepo
Realizador colombiano tema do Foco Silvestre 2021.

Ephraim Asili
Realizador da longa metragem The Inheritance, vencedor do Prémio Especial do Júri Canais TVCine, Competição Internacional 2021.

Susana Nobre
Realizadora portuguesa da longa metragem No Táxi com Jack, vencedor do Prémio para Melhor Longa-Metragem Portuguesa, na Competição Nacional.

Imagem: Entrevista com Annouchka de Andrade.