Anna Karina em Lisboa para retrospectiva da Cinemateca e do IndieLisboa em Maio

Anna Karina marca presença em Lisboa em Maio para acompanhar a retrospectiva co-organizada pela Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema e pelo IndieLisboa, que a elege como um dos Heróis Independentes da sua edição de 2019. Relevando a sua filmografia no contexto da Nouvelle Vague francesa e para lá dela, a retrospetiva decorrerá integralmente na Cinemateca entre os dias 2 e 11 de maio, com a presença da atriz, que vem apresentar alguns dos seus filmes e para um encontro especial com o público.

Nascida em Copenhaga em 1940, Hanna Karin Barke Bayer, chegou a Paris aos 17 anos, onde foi batizada Anna Karina por Coco Chanel. Revelar-se-ia uma das mais icónicas actrizes do cinema contemporâneo nos anos 60 franceses, dirigida por Jean-Luc Godard numa série de importantes filmes dessa década, em que foi sua companheira de trabalho e de vida. Também argumentista e realizadora, cantora e escritora, Anna Karina é uma das grandes estrelas do cinema europeu.

A Cinemateca e o IndieLisboa conceberam uma retrospetiva ambiciosa que propõe dar a ver a intensidade variada do seu trabalho: a totalidade dos seus filmes com Godard, os filmes com Valerio Zurlini, Jacques Rivette, Luchino Visconti, George Cukor, Volker Schlöndorff, Rainer Werner Fassbinder e, entre os títulos mais raros, a primeira longa-metragem que escreveu, realizou e protagonizou em 1973 (Vivre ensemble) e o igualmente inédito em Portugal, Anna, de Pierre Koralnik a partir da música e canções de Serge Gainsbourg. Associado à secção “Director’s Cut” do festival, numa outra ramificação da colaboração entre a Cinemateca e o IndieLisboa, será apresentado o recente documentário de Dennis Berry em que Anna Karina comenta o seu percurso (Anna Karina souviens-toi, 2017).

RETROSPETIVA ANNA KARINA
Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema e IndieLisboa, 2-11 de maio 2019

CURTAS-METRAGENS previstas para exibição

Pigen og skoene / A Rapariga dos Sapatos, Ib Schmedes, 1959 (11’)
Présentation ou Charlotte et son steak, Éric Rohmer, 1961 (12’) (voz)
Les Fiancés du pont Mac Donald (ou Méfiez-vous des lunettes noires), Agnès Varda, 1961 (5´)
Antecipation, ou: L’Amour en l’an 2000, Jean-Luc Godard, 1967 (20’)

LONGAS-METRAGENS previstas para exibição

Le Petit Soldat / O Soldado das Sombras, Jean-Luc Godard, 1960 (88’)
Une Femme est une femme / Uma Mulher É uma Mulher, Jean-Luc Godard, 1961 (85’)
Vivre sa Vie / Viver a sua Vida, Jean-Luc Godard, 1962 (83’)
Bande à Part, Jean-Luc Godard, 1964 (95’)
Alphaville, Jean-Luc Godard, 1965 (99’)
Le Soldatesse, Valerio Zurlini, 1965 (120’)
Pierrot le fou, Jean-Luc Godard, 1965 (110’)
La Religieuse / A Religiosa, Jacques Rivette, 1966 (140’)
Made In U.S.A., Jean-Luc Godard, 1966 (90’)
Anna, Pierre Koralnik, 1967 (87’)
Lo Straniero / O Estrangeiro, Luchino Visconti, 1967 (104’)
Justine, George Cukor, 1969 (116’)
Michael Kohlhaas, Der Rebell / Michael Kohlhaas, O Rebelde, Volker Schlöndorff, 1969 (99’)
Vivre Ensemble, Anna Karina, 1973 (92’)
Chinesisches Roulette, Rainer Werner Fassbinder, 1969 (86’)
Treasure Island / A Ilha do Tesouro, Raoul Ruiz, 1985 (115’)
Haut Bas Fragile / Alto, Baixo, Frágil, Jacques Rivette, 1995 (170’)
Anna Karina, souviens-toi,Dennis Berry, 2017 (55’)

Vale a pena relembrar que pode tirar maior proveito desta retrospectiva se tiver uma acreditação para o festival. Já podem ser feitos pedidos por estudantes e profissionais, com valores promocionais até 31 de Março! Veja aqui como garantir a sua.

O IndieLisboa acontece de 2 a 12 de Maio em Lisboa.

Acreditações para o festival já disponíveis para estudantes e indústria. Aproveite o período promocional!

Estão abertos os pedidos de acreditação para o 16.º IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema, que decorre de 2 a 12 de Maio de 2019, em Lisboa, na Culturgest, Cinema São Jorge, Cinema Ideal e Cinemateca Portuguesa.

Na sua 16.ª edição, o festival traz à cidade mais de 250 filmes durante 11 dias e ainda debates, workshops, masterclasses, encontros, festas e concertos. Uma celebração do cinema que preza a diversidade, apresentando ficções, documentários, animações, filmes experimentais, entre longas e curtas metragens.

A acreditação é pessoal e intransmissível e garante acesso a todas as sessões do festival (sujeito a disponibilidade de lugares e com excepção da cerimónia de abertura e outras sessões especiais), conferências e debates das LisbonTalks, festas e concertos do IndiebyNight e Videoteca do festival.

Faça o registo e pagamento até o dia 31 de Março de 2019 e aproveite o valor promocional de 25€ para estudantes e 45€ para indústria.

Aceda ao formulário de inscrição através do link:
indielisboa.com/acreditacao