O IndieLisboa 2018 faz-se à estrada

Encerrada a 15.ª edição do IndieLisboa, o festival estende-se, a partir de terça-feira, dia 15 de maio e até ao final de Julho, a nove cidades portuguesas.

Os primeiros eventos decorrerão no Seixal com cinco sessões no Auditório Municipal do Fórum Cultural em colaboração com a Câmara Municipal do Seixal e em Faro, em parceria com o cineclube local, com três sessões a decorrer no Teatro das Figuras.

Depois será a vez de Vila Franca de Xira, Vila Nova de Famalicão, Coimbra, Viseu, Setúbal, Montemor-o-Novo e a ilha da Madeira receberem os filmes do IndieLisboa 2018.

Mais detalhes sobre horários e programação em cada cidade (em actualização):

A caminho de Cannes

Com a 15ª edição do IndieLisboa encerrada, as atenções viram-se agora para o festival de Cannes, que celebra a sua 71ª edição este ano.

É o caso do filme Amor, Avenidas Novas de Duarte Coimbra, que depois de integrar a competição nacional e internacional do IndieLisboa 2018 onde ganhou o prémio Novo Talento FCSH/Nova, viaja agora até à Semana da Crítica de Cannes.

A curta metragem, a primeira do realizador, recém-formado da Escola Superior de Teatro e Cinema, é uma encantadora fábula sobre o romantismo, ao mesmo tempo, que expõe alguns dos problemas actuais da cidade de Lisboa.

O filme de Duarte Coimbra não será a única presença em comum com o IndieLisboa, também os programadores Margarida Moz e Michael Gaspar rumam esta semana a Cannes com o intuito de estreitar contactos na indústria e, acima de tudo, conhecer as novidades que o festival apresentará na edição deste ano, que decorre até 19 de maio.

Mais de 37 mil pessoas no IndieLisboa 2018

Foi a segunda melhor edição de sempre do IndieLisboa Festival Internacional de Cinema. Mais de 37 mil pessoas passaram pelas salas do festival ao longo de duas semanas, num crescimento acima dos nove mil espectadores face ao ano anterior. Entre 26 de Abril e 9 de Maio, esgotaram-se 34 sessões de cinema, nove das quais com propostas de programação nacional. Destaque para as sessões do filme Hip to da Hop, filme que registou a sessão com o maior número de ingressos do festival, e para a competição nacional de curtas que contou com os melhores números de sempre na história do evento, reforçando o momento especialmente feliz que o cinema nacional atravessa. Na secção infantil, IndieJúnior, a aposta continua a ser ganha, com três sessões de cinema esgotadas, numa prova da forte aproximação do festival às escolas e famílias.

Ficam ainda por contabilizar os participantes nas diversas actividades paralelas que o festival propôs para a sua edição 2018, que incluem os concertos e festas do indiebynight, actividades IndieJúnior, Talks e as sessões dedicadas à indústria. Números que serão divulgados mais à frente.

O IndieLisboa estará de regresso em 2019, com renovada selecção de filmes de produção nacional e internacional recente. Entre 2 e 12 de Maio o cinema voltará a ser motivo para festa, o pensamento e o encontro na cidade.