Zama

Lucrecia Martel

IndieLisboa 2018 •

Ficção, 2017, 115′

O regresso de Lucrecia Martel à longa, depois de quase uma década de interrupção, adapta o romance de Antonio Di Benedetto escrito em 1956, sobre Don Diego de Zama, um oficial de Espanha do século XVII. Mas em Zama o regresso ao passado é um movimento irreverente, anti-historicista e profundamente subversivo. Uma viagem delirante a um passado onde se encontra o gérmen de uma identidade latino-americana fundada nos modos do colonialismo. Esta co-produção portuguesa (com direcção de fotografia de Rui Poças) foi considerada o melhor filme de 2017 por um conjunto de 135 programadores, críticos e cineastas de todo o mundo.