Viva

Anna Biller

IndieLisboa 2007 •

Ficção, 2007, 120′

Los Angeles, princípio dos anos 70. “Viva” é um tributo ao melhor aos filmes sexploitation: Ela era uma mulher, doméstica de profissão, à procura de emoções, num mundo de swingers, orgias, bebida e pecado que era o da revolução sexual!