Pamilya Ordinaryo

Eduardo Roy Jr.

IndieLisboa 2017 •

Ficção, 2016, 107′

Os adolescentes Jane e Aries vivem nas caóticas e infectas ruas de Manila, subsistindo dos pequenos roubos que vão fazendo. A sua vida dá uma volta quando Jane engravida. O casal de sem-abrigo de dezasseis anos tenta criar o filho, mas nem um mês passa até que o bebé seja roubado e, depois, vendido. Os jovens entram, então, numa corrida desesperada para encontrar o seu rebento, custe o que custar. O terceiro filme de Eduardo Roy Jr. é um poderoso melodrama, tão terno quanto cruel, algures entre o cinema de Brillante Mendoza e Ladri di biciclette, de Vittorio De Sica.