Les naufragés de l’île de la Tortue

Jacques Rozier

IndieLisboa 2018 •

Ficção, 1976, 140′

Viver, e vender, a experiência de Robinson Crusoé numa ilha deserta é o projecto turístico em que dois funcionários de uma agência de viagens parisiense se lançam embarcando para as Antilhas na terceira longa de Jacques Rozier, que mais tarde a viu como “uma espécie de road movie antes do tempo”. É um dos seus filmes que mais arredado do olhar público se manteve, não tendo mesmo chegado a estrear em França. O trabalho de dissociação entre a ansiedade narrativa e a fluidez formal que marcam já Adieu Philippine é também o do olhar sobre estes náufragos melancólicos em ambiente paradisíaco.(A partir do texto da Cinemateca Portuguesa)