La niña santa

Lucrecia Martel

IndieLisboa 2018 •

Ficção, 2004, 106′

Logo em 2004 o IndieLisboa exibiu La niña santa, a segunda longa de Lucrecia Martel, em competição. Protagonizado por duas adolescentes, Josefina e Amalia (interpretada por María Alché, que se tornaria também realizadora e cuja curta Noelia receberia o prémio de melhor ficção no IndieLisboa 2013), este é um filme onde o sexo e a religião andam de mãos dadas, quando a vocação religiosa se emaranha no desejo. Baseado nas memórias de infância de Martel e produzido por Pedro Almodóvar, o filme viria a estrear no Festival de Cannes, firmando o nome da realizadora nos lugares cimeiros do cinema mundial.