Gros chagrin

Céline Devaux

IndieLisboa 2018 •

Animação, Ficção, 2017, 15′

Céline Devaux (Vie et mort de l’illustre Grigori Efimovitch Raspoutine e Le repas dominical, IndieLisboa 2013 e 2016) experimenta a imagem real, sem esquecer a animação, para pintar uma relação em ruínas, um Gros chagrin.