Four Parts of a Folding Screen

Anthea Kennedy, Ian Wiblin

IndieLisboa 2018 •

Documentário, Experimental, 2018, 83′

Partindo de documentos oficiais que registam a acção do regime Nazi, descobrimos o modo como uma mulher (da qual nunca conhecemos o nome) se viu separada do marido, expatriada, expropriada e obrigada a fugir do seu país. Um processo de desumanização paulatinamente burocrático e exaustivo. Four Parts of a Folding Screen dá um novo sentido à expressão “filme de arquivo”, percorrendo a Berlim de hoje no rasto dos locais (muitos deles desaparecidos) e dos objectos aos quais os documentos fazem referência. Porque debaixo de uma aparência pacificada persiste um legado de injustiças.