El auge del humano

Eduardo Williams

IndieLisboa 2017 •

Ficção, 2016, 97′

Exe, argentino, ficou sem emprego, mas não faz questão de arranjar outro. Conhece, pela internet, o moçambicano Alf, que está a considerar deixar o seu trabalho. Mas Alf pretende seguir Archie, que vagueia pela selva, atrás de formigas. E Archie encontra, então, Canh, um jovem filipino, que por sua vez… El auge del humano (com co-produção portuguesa da Bando à Parte), de Eduardo Williams (Elruido de las estrellas me aturde e Que je tombe tout le temps?, IndieLisboa 2013 e 2014), é uma anacrónica ruminação sobre o trabalho e o lazer, entre o analógico da película e o digital das redes sociais.