Coração Negro

IndieLisboa 2017 •

Ficção, 2017, 105′, DCP

A montanha vulcânica e as festividades da Ilha do Pico são o pano de fundo para Coração Negro. Um casal, que nunca é nomeado, acabou de comprar uma casa na ilha. A construção ainda está a meio. Eles já não se vêem há bastante tempo, mas nem por isso a chegada da mulher faz despertar a paixão. Entre eles, há apenas medo e desconforto. À medida que o edifício se acaba, também a relação caminha para o fim. Rosa Coutinho Cabral (Arrivederci Macau, IndieLisboa 2013) faz um filme que se despede tenuemente da vida, entre silêncios e sentimentos que se esfumam.