As Horas de Luz

António Borges Correia

IndieLisboa 2018 •

Ficção, 2018, 90′

Os Olhos de André (IndieLisboa 2015) foi galardoado com o prémio de melhor filme da Competição Nacional. Já em 2008, a estreia na longa de António Borges Correia, O Lar, havia competido no festival. À imagem destes, e outros filmes do realizador, As Horas da Luz retrata os problemas do envelhecimento e da doença. Maria espera por uma operação às cataratas, que quase lhe tiraram a visão. Mas a sua dependência despertará nos vizinhos, e na filha distante, uma oportunidade de reatar laços perdidos. Um filme protagonizado por Paula Só, José Eduardo, Anabela Brígida e pela bela cidade de Vila Real de Santo António.

Sessões