Pororoca

Uma família como tantas outras vê-se trespassada quando a filha mais velha, de sete anos, desaparece numa ida ao parque, quando o pai relaxa a atenção por um momento. Constantin Popescu (um dos realizadores do filme Histórias da Idade de Ouro, exibido no IndieLisboa 2010) dá-nos um retrato fiel de um homem que se depara com a terrível questão: o que aconteceu à minha filha? Pororoca descreve a procura desesperada pela resposta, em longos planos-sequência que adensam o sentimento de impotência do pai. Um thriller emocional que é prova de que o cinema romeno ainda ferve.

Faţa Galbena Căre Râde

A ida de Alex para o estrangeiro força os pais dele, que de computadores nada sabem, a um súbito mergulho no misterioso mundo da Internet.

Canton

Dois trabalhadores dos caminhos de ferro vivem numa guarita de guarda-linhas. Não há muito que fazer e os dias são praticamente idênticos. Uma noite, um forasteiro tem um acidente. Um incidente que mudará para sempre as suas vidas.