IndieLisboa 2017 |

Ficção, 2016, 110′, DCP

Argumento: Paul Vecchiali, Noël Simsolo

Fotografia: Philippe Bottiglione

Som: Francis Bonfanti

Montagem: Vincent Commaret

Com: Catherine Deneuve, Mathieu Amalric, Annie Cordy, Françoise Lebrun

Produtor: Thomas Ordonneau, Paul Vecchiali

Produção: Shellac Sud, Dialectik

Países: França

Um pai e um filho (o próprio Paul Vecchiali e Pascal Cervo, o seu actor fetiche que surge em muitos dos seus últimos filmes) têm uma relação conflituosa e demasiado emotiva para que consigam exprimir o amor que têm um pelo outro. Ambos são assombrados pelo caminho que as suas vidas tomaram: o filho procura desviar-se da rota preguiçosa da adolescência e iniciar a vida adulta segundo novos termos, o pai vive atormentado pelas paixões de uma vida, em particular, Marguerite, o seu primeiro amor, que nunca lhe saiu da cabeça. Apresentado em Sessão Especial no último Festival de Cannes, o filme conta com as interpretações de Catherine Deneuve, Mathieu Amalric, Annie Cordy, Françoise Lebrun e Noël Simsolo, colaborador de longa data de Vecchiali e também co-autor do argumento.

Sessões